Clube do CW – Manipulador Eletrônico para HF

Publicado: 06/11/2014 por Airam - PU8ASR / PX8C1730 / PP8004SWL em Código Morse, CW, Projetos, Telegrafia
Tags:, , , , , , , , , , ,

A norma vigente define o radioamadorismo como sendo o serviço de telecomunicações de interesse restrito, destinado ao treinamento próprio, intercomunicação e investigações técnicas, levadas a efeito por amadores, devidamente autorizados, interessados na radiotécnica unicamente a título pessoal e que não visem qualquer objetivo pecuniário ou comercial.

Em síntese, o objetivo do radioamador é a intercomunicação, instrução pessoal e os estudos técnicos, sem fins lucrativos. Nestas definições, compartilho com você uma maneira eficaz e barata para transmitir o Código Morse e fazer bonito.

Interface Eletrônica para CW

De antemão, quero alertá-lo de que este post não é “uma receita de bolo” que ensina passo-a-passo como juntar ingredientes para atingir um objetivo.

O objetivo aqui é mais amplo. O objetivo é abrir sua mente às possibilidades de forma que possamos buscar uma evolução contínua, conforme o previsto pela norma.

Neste post, apresento-lhe uma solução de baixo custo financeiro que me permitiu exercitar conhecimentos de eletrônica como de informática.

Trata-se de uma interface para transmissão de código morse em qualquer rádio que possua entrada para conectar um manipulador.

A diferença é que em vez do manipulador, utilizando esta interface podemos nos comunicar utilizando o código morse de forma mais confortável e sem erros nas transmissões.

Veja as fotos no processo de fabricação da interface.

Interface Eletrônica para CW

Lista de Materiais: Placa de Fenolite, resistor de 1K (Depois substituído por um de 10K), diodo z4148, transistor de uso geral (podendo ser o BC847, conector DB9, cabo, capa para conector, solda estanho, ferro de soldagem, etc…

Interface Eletrônica para CW

Placa de fenolite (circuito impresso) com as marcações feitas e pronta para entrar na solução corrosiva. A montagem pode ser feita apenas soldando um componente no outro, porém com a placa obtemos uma melhor estética, organização e proteção dos componentes.

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Esta é a placa depois da corrosão. Observe que o tamanho da placa é reduzido de forma a cabe dentro da capa do conector, logo os componentes terão seus contatos soldados muito próximos. Não é recomendável utilizar ferro de solda de grande potência. Neste caso usei um ferro de 30 watts (o que já foi um exagero).

Interface Eletrônica para CW

Em seguida, passamos “uma palha de aço” ou “bombril” para remover a tinta da caneta de marcação e realizamos as perfurações nos locais onde os componentes serão encaixados. Algumas placas (a grande maioria, na verdade) ficam frágeis depois da corrosão e podem rachar ou até mesmo partir quando perfuradas depois da corrosão, por esse motivo é recomendável perfurá-la antes de corroer.

 Interface Eletrônica para CW

Depois de soldar os componentes na placa, utilizamos fios Jumpers, ou até mesmo as perninhas que cortamos do resistor, diodo ou transistor para conectar a placa nos contatos do conector DB9, sempre realizando o alinhamento da placa em relação ao conector e à capa do conector.

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Por último, soldamos o fio com terminação RCA (tipo de conexão de vídeo), podendo ser qualquer outra (vai depender do tipo de conexão do rádio, onde o manipulador é conectado).

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Interface Eletrônica para CW

Para finalizar, passamos verniz próprio para componentes eletrônicos e deixamos secar antes de antes de fechar a capinha do conector. Isso fará com que os componentes resistam mais tempo aos danos causados por umidade, por exemplo.

Yaesu FT-101z

Depois, testamos a interface com o Yaesu FT-101z, transceptor valvulado que possui entrada para manipulador manual. Neste caso vamos conectar a interface à entrada do manipulador no rádio (transceptor) e à porta serial do computador.

Mas você deve estar se perguntando como o computador vai acionar o rádio usando esta interface, não é mesmo?

Bem, é simples! Precisamos de um software para fazer este trabalho.

Certamente há programas que fazem isso, todavia, optei por fazer meu próprio programa, conforme segue nas duas próximas imagens, sendo o primeiro para testar a porta (acionar o PTT/manipulador) e a segunda é o programa de transmissão. Tão logo consiga manter uma versão estável, disponibilizarei gratuitamente aqui, ou caso não queira esperar, você pode aprender a programar visitando A Hora do Código do Brasil.

ComPort Serial

Transmissor de CW

No vídeo a seguir você verá o teste da interface e do software. Claro que o software ainda não está completo, mas estou trabalhando nisso.

Observação: Apesar de ser mencionado o componente optoacoplador no vídeo, quero esclarecer que nesta interface não o utilizei. Eu ia utilizar o optoacoplador para sanar um problema: Toda vez que o software executava o comando para acionar o manipulador, o computador “travava”. Antes de conseguir o optoacoplador, consegui resolver o problema, substituindo o resistor de 1k, por outro de 10k. Porém repito e enfatizo que a utilização do optoacoplador é possível e recomendável em substituição ao transistor de uso geral ou até mesmo em conjunto com ele para obter uma maior proteção, uma vez que o optoacoplador oferece um isolamento das partes do circuito. O optoacoplador é um circuito integrado que em sua composição estão encapsulados um transistor que é acionado pelo acionamento de um led interno (em síntese). Quero aproveitar a oportunidade e agradecer ao amigo Omar – PP8KO que me forneceu o componente (optoacoplador), que utilizarei na fabricação das novas interfaces.

Veja abaixo, a estrutura desse componente.

microcontroladores

A seguir, um exemplo de utilização desse componente (o que não é o nosso caso, mas pode ser empregado).

Aplicação do microcontrolador

Você ainda deve estar se perguntando como fabricar uma interface como esta. Bem, na internet há muitos tutoriais que ensinam como fazer uma interface para echolink, modos digitais. Procure pelos tutoriais que ensinam a fazer interfaces que utilizem a placa de som do computador.

Detalhe: Você não precisará fazer a parte do áudio para esta interface, pois ela apenas acionará o oscilador interno do rádio e este por sua vez é quem fará o resto do trabalho, claro que passando pelas outras etapas do circuito do transceptor.

Interface Eletrônica para CW

Um forte abraço e até a próxima!

Patrocinador deste site: iZettle

comentários
  1. Waltamir disse:

    oi parabens!!!
    Que pé esta seu software?

    Curtir

    • Olá Waltamir!
      Devido a falta de tempo o software está na mesma: “Apenas enviando, mas ainda não recebe”.
      Optei por desenvolver um outro software para dispositivos Pi (Raspberry, Orange, Banana e outros) onde o radioamador pode usar a mesma idéia, porém transmitir a partir de um celular por conexão wifi.
      Este último está ainda só na idéia. Ainda não comecei a projetar o software.
      Brevemente estarei disponibilizando o software anteriormente criado, o esquema da interface e o software para download.

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s